5 de jun de 2009

VIAGEM AO MUNDO DA CONSCIÊNCIA

A Natureza está sempre aprimorando sua obra, tanto que seu produto mais elaborado, top de linha, jóia da coroa, vem sendo meticulosamente lapidado, através dos séculos,a revelia do seu maior beneficiário, o homem, que menos ajuda e mais atrapalha, enrolado no novelo do uso e abuso daquilo que chamamos CONSCIÊNCIA.

Há pesquisas modernas sobre a CONSCIÊNCIA: para ali se voltam a psicologia do futuro, as neurociências, os cérebros antenados dos cientistas, as imponderáveis intuições das sibilas, os corações dos simples (aqueles que herdarão o reino dos céus), a metapsicologia, a neurolinguística também, entre muitos outros...

A Natureza faz brotar essa semente (imagine quando a consciência virar flor!!)no torrão chamado cérebro (para alegria dos materialistas) e, de repente, lá vai a florzinha brotar na terra fofinha, na água, no ar, como se não precisasse exatamente de um substrato, algo assim como "um raio de luz, a brincar de ser ou não ser". (Shakespeare).

Estados alterados de consciência têm muito a nos ensinar (neurocientistas, psicólogos, psicanalistas, xamãs, etc) Talvez a lição primeira seja SENTIR antes de PENSAR. Talvez...

"Maravilhas nunca faltam ao mundo, o que falta é a capacidade de senti-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário